Como não se desequilibrar nas relações de trabalho.


Para a maioria das pessoas, o trabalho é uma obrigação e não uma opção. Só por isso, já se exige que se vá trabalhar mesmo que: não haja vontade; esteja se sentindo mal fisicamente, emocionalmente. Não importa, você tem que estar lá!


Outra coisa importante a ser observada é que a grande maioria das pessoas não escolhe com quem irá trabalhar; não é como convidar um grupo de amigos, com o qual já se tem afinidade, para construir um projeto juntos. Até porque, nesse grupo de amigos, se entrar a obrigação do trabalho, pode se deixar de ter afinidades rapidinho. Conclusão: O ambiente de trabalho acaba sendo cansativo e estressante.


Como não se desequilibrar com pessoas no ambiente de trabalho? Para responder essa pergunta, primeiro é preciso entender que sentir emoção está fora de nosso controle. Qualquer experiência que viva, fora ou dentro do ambiente de trabalho, gera uma emoção. A questão é: Como agir a partir dessa emoção?


O que faz uma pessoa não desequilibrar em um ambiente de trabalho:


MATURIDADE. Quem a) age por impulso; b) não sabe se colocar no momento certo; e c) não tem maturidade para saber que o outro será o que é independentemente de se querer que ele seja diferente acaba se desequilibrando.


FLEXIBILIDADE é outra palavra importante para não se desequilibrar nas relações de trabalho. Há pessoas que escutam mais, outras menos; pessoas que têm um tom de voz mais agressivo, outras mais doce; e, ainda, pessoas com um nível de arrogância muito alto; pessoas com uma baixa autoestima e insegurança... Ou seja, ter flexibilidade e saber se adaptar ao outro sem sair de sua verdade é um desafio, mas ajuda a diminuir os conflitos.


Reconheça quais são suas maiores dificuldades em relação ao outro e que tipo de pessoa lhe incomoda mais. As agressivas, ágeis, lentas, arrogante, submissas, redundantes, mudas, doces, individualistas, autoritárias, frágeis, pacatas? Quais?


Reconheça se, independentemente do ambiente profissional, esse “tipo” de pessoas lhe incomodaria. Se parar para observar, pode começar a perceber que o que lhe incomoda é a personalidade da pessoa independentemente do ambiente. Um bom trabalho de autoconhecimento ajuda a desenvolver a maturidade para conviver melhor com as pessoas.


Exercício de reflexão:


- Responda as perguntas relacionadas à pessoa que lhe incomoda no seu trabalho. Se for mais de uma, faça o exercício para cada uma delas.


  • Nome da pessoa:

  • Cargo que ocupa:

  • O que lhe incomoda?

  • Qual a personalidade?


- Agora, faça uma associação a pessoas que você tem dificuldade de lidar, fora do ambiente profissional. Se tiver mais de uma pessoa, escreva:


  • Nome da pessoa que incomoda:

  • Qual o tipo de relação:

  • O que lhe incomoda?

  • Qual a personalidade?


Esse exercício é bom para entender que, às vezes, não é aquela pessoa especificamente que lhe incomoda, é você que não está sabendo lidar com um determinado tipo de personalidade, por conta de outras experiências de relacionamento.


Reflita!


Tatiana Auler

--------------------------------------------------------------------------------------------


Um pouco de Poesia


Onde não há eu


No meu mundo interno

Cabem mundos sem fim

Encontro tudo de tudo

E me perco de mim.


É pra lá, então, que vou

Quedar no ego esquecido

Buscando sanidade e paz

Todas as vezes que preciso.


Foi assim antes, bem antes,

É também agora e durante

Será no infinito constante.


Edna Farias

9 visualizações0 comentário

Contato

whatsapp-cinza.png

Navegação

© Instituto de Treinamento Auler Ltda. | CNPJ 25.289.131/0001-61 | Atendimento@institutoauler.com.br | Tel.: (21) 99740-1860. 

Criação Brothers Design