Estou desesperado!


Desespero: uma palavra comum, utilizada, muitas vezes, corriqueiramente, sem a mensuração emocional de seu significado. Quando esse termo é usado com seu real sentido, expressa uma sensação que tira muitas pessoas do prumo.

Estar desesperado pode gerar sensações como ansiedade, medo, angústia; impressão de estar perdido, sem saída, de não saber o que fazer. Parece que, na hora do desespero, os pensamentos se atropelam, ficam sem direção.


A função do pensamento é tentar acalmar a pessoa para que ela possa sair do desespero, mas acaba indo por um caminho onde o desespero aumenta. Em vez de a mente buscar novas informações para tirar o foco do que causa o desespero, ela fica olhando para o que causou essa aflição, tentando encontrar justificativas que acalmem, o que, na realidade, acaba aumentando toda a dor já vivida.


Em um momento de desespero, saber se acalmar não é tarefa fácil, mas possível. Então, para não meter os pés pelas mãos, antes de saber “para onde ir”, o que fazer, qual decisão tomar, é necessário encontrar estabilidade emocional e mental.


Podemos conquistar essa estabilidade através de um exercício simples: escreva 10 frases de apoio; frases que o tirem dessa sensação. No momento em que perceber que seus pensamentos não estão sendo bons para você, sente-se em algum lugar; coloque seus pés bem firmes no chão; posicione a coluna reta, no eixo e alongada; respire profundamente, buscando um ritmo que seja confortável, que lhe traga a sensação de tranquilidade (no início, vai parecer não funcionar, mas, se você continuar, verá que dá resultado!). Faça 10 respirações profundas e, quando acabar, faça mais 10 respirações, sendo que, entre uma e outra, você vai repetir em voz alta as frases de apoio que escreveu (mantenha o ritmo das respirações e pode colocar uma música bem calminha para ajudar que pode ser encontrada no Youtube). Lembre-se de repetir uma frase para cada respiração. Quando acabar, tente organizar seu pensamento para responder a seguinte pergunta: O que posso fazer neste momento que seja a meu favor, que seja bom para mim?


Foque no que você pode fazer e não no que já foi feito e não tem mais como mudar.


Tatiana Auler

Terapeuta - TISI: Técnica de Interpretação Simbólica Intuitiva


22 visualizações0 comentário

Contato

whatsapp-cinza.png

Navegação

© Instituto de Treinamento Auler Ltda. | CNPJ 25.289.131/0001-61 | Atendimento@institutoauler.com.br | Tel.: (21) 99740-1860. 

Criação Brothers Design