O quanto você ama a sua história?


Na era digital, o que mais encontramos nas mídias sociais são histórias, geralmente “histórias de sucesso”. Com isso, inevitavelmente pensamos ou relembramos a nossa própria história. O que na verdade era para ser algo motivador muitas vezes causa em nós uma certa aflição e frustração. Isso acontece porque aprendemos a nos comparar com o outro, ou nos ensinaram assim.


Lembre neste momento de uma situação na qual você não era tão bom na escola, ou então quando não queria fazer algo. Na maioria das vezes, nossos cuidadores ou educadores, na tentativa de nos fazerem mudar de ideia ou de nos empenharem em algo, utilizavam a comparação como meio de motivação. Quem nunca ouviu: “Você ainda está fazendo? Seu amigo já terminou!”, “Você não estudou tanto para a prova. O seu primo passou em primeiro lugar!”. Dessa forma fomos aprendendo a nos comparar com os outros e a desejar ser ou ter as habilidades que o outro possuía, pois na verdade ele era admirado e amado. Com isso nos desfazemos das nossas próprias habilidades. Isso gerava em nós um sentimento de inadequação, afinal o que todo ser humano mais deseja é ser amado e aceito.


Cada ser humano é único e carrega em si sombra e luz. O quanto você se deixa levar pela história do outro? O quanto você ama e admira sua própria história? Nem sempre é fácil amar e aceitar a própria história! Muitas vezes, por diversas escolhas do passado, nos culpamos ou nos maltratamos pelos acontecimentos vividos, mas na verdade foram eles que nos trouxeram até aqui! São as suas experiências que tornam você único! Abraçar e amar a sua história, por mais desafiador que seja, traz algo transformador! Quando você passa a olhar para ela com amorosidade e respeito, encontra a felicidade! Você passa a enxergar o sucesso no processo e não mais nas conquistas. Passamos a ser quem realmente desejamos e não a projeção dos outros.


Amar a sua história, te liberta e te faz libertar todos a sua volta! Quando nos disponibilizamos a isso, inconscientemente autorizamos o outro a ser como ele também gostaria. Ser amado por quem realmente somos é libertador! Ame a sua história! Valorize quem você é!!


Fernanda Silva

Pedagoga




25 visualizações0 comentário

Contato

whatsapp-cinza.png

Navegação

© Instituto de Treinamento Auler Ltda. | CNPJ 25.289.131/0001-61 | Atendimento@institutoauler.com.br | Tel.: (21) 99740-1860. 

Criação Brothers Design