Sinta o que é melhor para você e pense como fazer acontecer.




Há quanto tempo o seu "piloto automático" está ligado? Quantas vezes ao dia você se pega em seus pensamentos, queixando-se do que está vivendo? E se eu te disser que tudo o que você está vivendo é uma escolha sua? Quais justificativas você me daria? São tantas as perguntas que eu poderia te fazer e, no final de todas, te perguntaria: você é feliz com as escolhas que faz?


Estamos sempre dando desculpas para não enfrentar o desafio de fazer a mudança acontecer. Primeiro, porque ficar na zona de conforto é muito mais fácil. Segundo, porque não sabemos o resultado caso mudemos o que fazemos e, terceiro, por pensarmos muito mais no mundo externo do que no mundo interno. Afinal, qual o principal motivo de você estar vivo nesta terra? Para mim, é evoluir a nossa alma! E como fazemos isso? Aprendendo a nos amar mais, dar limite ao próximo, não se colocar em situações ruins, não manter relacionamentos tóxicos, buscar o equilíbrio entre o prazer e a responsabilidade... E como fazemos isso? Você precisa se conhecer, ter curiosidade sobre si mesmo, entender os seus pontos fracos e fortes e o principal, descobrir quais os melhores recursos que você possui para enfrentar os desafios que a vida lhe impõe.

Você se conhece? Se você nunca fez um trabalho de autoconhecimento, imagino que você só conheça 30% de quem você é. É tão importante conhecer o mundo lá fora quanto conhecer o mundo que existe dentro de você.

Lembre-se! Não existe nenhum desafio que você não possa superar, você só precisa descobrir os recursos certos para isso.

Tatiana Auler

Psicóloga

CRP 05/56959