Somos realmente livres?


Pare por um minuto e responda a seguinte pergunta: O que significa "ser livre" no seu ponto de vista?


Em um mundo cheio de normas e regras, moral e ética, culturas diversas, a tal liberdade, se assim a entendermos como uma ação que parta do ponto do desejo, do "eu quero, portanto farei", esbarra em diversos conceitos e preconceitos, nos quais as consequências podem ser tamanhas e portanto insuportáveis e a liberdade ficará devera prejudicada.


A liberdade de agir também depende do meio social, da relação com o outro. Não podemos "sair por aí", agindo sem pensar que existe outra pessoa que estará também vivendo as consequências das nossas ações. Portanto, é imprescindível que, ao agir, pensemos nas consequências que nossas ações provocam no outro. Se amamos, se queremos ser amados, se temos medo de perder algo, até mesmo do ponto de vista estrutural, ou sermos prejudicados na autoimagem... toda ação deve ser pensada. Daí o famoso "agi sem pensar!" acaba sendo atribuído a consequências ruins, geradas a partir de uma ação que não se pensou antes de executar.


Você pode estar pensando: "Então não existe uma maneira de ser livre?" Sim, existe! A liberdade com equilíbrio, com respeito ao próximo. Costumo pensar da seguinte maneira antes de tomar alguma decisão: "O que eu quero fazer, vai me prejudicar? Vai prejudicar alguém? Bom... se a resposta for não para ambas as perguntas, julgo que a minha ação é possível e não gerará consequências tão dolorosas. Quando me refiro a "prejudicar", seria uma ação de má-fé. Entendo que nem toda escolha resulta em agradar a mim ou a todos, portanto, entre agir sem pensar, agir de má-fé e agir conscientemente sabendo que nem todos ficarão felizes, existe uma diferença muito grande.


Entenda liberdade como uma ação que você pode ter dentro dos limites saudáveis impostos pelas relações interpessoais. E também como a liberdade de ser você mesmo sem um aprisionamento ao que o outro pensará sobre você. Saia da zona do medo de ser livre, buscando a sua liberdade com equilíbrio.


Tatiana Auler

Psicóloga

CRP 05/56969