Você se permite relaxar?


O que mais escuto em meu consultório são os desejos por relaxar e usufruir um pouco mais da vida. Eu mesma tenho esse desafio. São tantas as obrigações da vida adulta, que fica difícil desligar o cérebro, desacelerar e relaxar. Você também sente desta maneira?

Existe um motivo para não conseguirmos relaxar, são as famosas listas mentais. Vivemos uma fantasia de que vamos conseguir relaxar quando fizermos tudo que está pendente em nossa lista. Mas será que é possível não termos

nada para fazer, nada com que devamos nos preocupar, ninguém para cuidar, saúde, projetos pessoais, profissionais... são tantas as demandas, que fica impossível dizer: pronto, cabei! Agora já posso relaxar.

O problema em não conseguirmos relaxar é não incluirmos os nossos momentos de lazer como uma "tarefa" que também temos que dar atenção. Imagine que cada tarefa que você tem para executar é como se você estivesse segurando um peso em suas mãos, chegará um momento que você terá que soltar esse peso e relaxar seus braços, seus músculos, para depois conseguir segurar novamente o peso, ou seja, se você não incluir um momento de relaxamento em sua vida, provavelmente ficará pesado emocionalmente e o seu corpo vai obrigar você a deixar tudo de lado. Pode ser que ele te obrigue com alguma dor física, dor emocional... ou pode ser que você escolha de maneira saudável dar um descanso para o seu sistema, para que ele se recupere e você tenha mais força para conseguir realizar o que você quer. Fato é, que o seu corpo, a sua mente precisa descansar!

Uma perguntinha para você refletir: como você enxerga pessoas que descansam, que se permitem sentir prazer e usufruir da vida? Você vê com bons olhos? É comum em nossa sociedade o valor ao esforço e a desvalorização ao descanso, ao prazer. A não ser que você prove ter se esforçado além da conta, você terá direito a relaxar sem correr o risco de ser julgado, em primeiro lugar por você mesmo e também pelo o outro.

Se permitir relaxar e sentir prazer é essencial para a saúde física e mental. Não negligencie o seu prazer, coloque essa tarefa também como prioridade na sua lista. Experimente relaxar um pouco no seu dia a dia. Lembrando que relaxar é diferente de procrastinar. Dito isto, relaxe!

Até a próxima! Psi Tatiana Auler



9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo